10 de mar de 2014

Ao envelhecer que eu não perca a liberdade da inconsequência , quero sentir a nudez do hoje, pois que emoção há em toca-lo se ele estiver todo vestido do amanhã


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Permita um fragmento seu escorrer até suas mãos e então escreva