18 de fev de 2014

DIA-MEIO, NOITE-MEIA

A chuva guarda, a brisa para
A flor beija, o vento cata
É cadente a estrela, mudo o criado
dia meio, noite meia
Esta tudo errado, nós sem hífen, separados
O destino errou no nosso caso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Permita um fragmento seu escorrer até suas mãos e então escreva