20 de ago de 2012

AROMA DE HORTELÃ



As vezes sinto vontade que exista alguém que saiba que eu adoro o cheiro da folha de hortelã, que eu sonho morar em uma casa construída no fundo do terreno, com um jardim de girassóis sorrindo para mim todas as manhas, e um casal de cães cofaps para se refestelar em todas as minhas chegadas
Alguém que saiba que eu só gosto de perfume de aroma doce e troco qualquer refeição por uma tigela de pipoca com coca-cola
Alguém que aprenda os nomes dos meus objetos pessoais, e que sem querer, também se pegue dialogando com eles
Alguém que não goste de poesias,e que toda vez que for obrigado a ler o que eu escrevi vai me dar uma resposta clichê só que acompanhada de um sorriso único
Alguém que eu sinta vontade de abraçar por traz e beijar a nuca, e que toda vez que nos encontrarmos em um aperto de mãos nossos músculos reajam com a intensidade de quem possui emoção    
Alguém que não me acorde se acordar antes de mim, e que só me espere quando for para ficarmos acordados
Alguém que nunca estrale os dedos e que não me solicite para nada durante o horário do jogo
Alguém que ao amar meu filho me amará duas vezes e será amado cem vezes mais
Alguém que eu esqueça em cada piscar de olhos, porque para se esquecer tanto assim é preciso nunca parar de se lembrar 
As vezes sinto falta que exista alguém que deveria saber que eu adoro o cheiro da folha de hortelã


 


   

Um comentário:

Permita um fragmento seu escorrer até suas mãos e então escreva