10 de set de 2010

POESIA PARTICULAR

Como será ter um jardim particular, será que o perfume das flores fica tão impregnado nas narinas a ponto de não conseguir mais captá-lo.
Como será ter um lago particular, será que a serenidade do lago adormece tanto a alma a ponto de não mais acordar nem para apreciá-lo.
Como será  ter um céu particular, será que a protecção do céu esconde tanto a visão a ponto de escurecer o entendimento.
Como será ter um chão particular, será que a firmeza do chão acomoda tanto os pés a ponto de esquecer de caminhar.
Como será ter um sol particular, será que o calor do sol aquece tanto o corpo a ponto de transpirar todo o desejo.
Como será ter uma estrela particular, será que a luz da estrela ofusca tanto o brilho do olhar a ponto de se tornar apagado.
Como será ter uma poetisa particular, não sei, não tenho a quem perguntar, o dono das minhas não é meu, ele nem deve gostar tanto de poesia.

Um comentário:

  1. Não desista dos seus sonhos, o dono da sua poesia talvez ainda não teve a sabedoria e sensibilidade necessária, para ver a mais bela jóia que esta a sua frente.... Você é uma pessoa muito especial .... Como disse a Gi ‘Tem pessoas que são especiais assim, e ser especial não precisa ser só, é difícil sim encontrar quem aceite a responsabilidade de cuidar do especial, mas o destino sabe a quem entregar suas perolas, ele nunca as deixa entre as pedras jogadas na praia e sim pressentea a quem sabe apreciá-las” isso Tb é para Nanda ....

    ResponderExcluir

Permita um fragmento seu escorrer até suas mãos e então escreva