11 de ago de 2010

NOITE PERDIDA

Os poucos estão vivendo juntos, os muitos esperam.
Talvez quando for pouco você venha ou eu pare de esperar.
Hoje não é mais uma noite, é menos uma noite, esta tudo tão sem graça que não estou adicionando uma noite a minha vida estou subtraindo uma noite que eu ainda tinha para viver.


Um comentário:

  1. Fernanda,

    Essa densidade nas suas palavras é de uma natureza forte de ser lida. É tão bom quando encontramos um blog que transborda sentimento, parece que tudo cria vida, pulsa amor, mesmo que em alguns momentos seja sofrido.

    Amei sua hospitalidade, espero não perder contato, viu?

    Beijo imenso, menina linda.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir

Permita um fragmento seu escorrer até suas mãos e então escreva