26 de fev de 2012

MINHA ESTRANHA CONHECIDA


Quero sentir forme
A fome que faz caçar
Cansei de observar pelos relâmpagos e escutar pelos trovões
Respirar meu gás carbônico e comer as migalhas deixadas por minhas ilusões
Me apaixonei por alguém que não existe e quem não existe não morre

2 comentários:

  1. Lelo passou por aqui e deixou o que é eterno :)
    Paz e bem, Clara! ^^
    Ótimo texto ^^

    ResponderExcluir
  2. Adorei a frase: Eu sempre te espero. Mas dormindo. Porque sei que acordado nunca vou te encontrar.
    De fato nunca acordamos mesmo
    A taça de cristal, mesmo que usada para tomar uma cerveja, não se quebrou

    ResponderExcluir

Permita um fragmento seu escorrer até suas mãos e então escreva