14 de jul de 2011

FUGA SEM FUGA

A escrita me sequestrou do mundo, ela não tem a quem pedir o resgate, então serei dela para sempre. 
Em uma fuga sem fuga, prendo-me.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Permita um fragmento seu escorrer até suas mãos e então escreva