4 de jun de 2010

ME DEIXE PELO MENOS O SILÊNCIO

O silêncio é meu porto seguro, me agarro e ele pois tenho medo de ouvir.
O silêncio é como uma ponte, enquanto ele estiver ali consigo atravessar e chegar até os meus sonhos.
O silêncio é meu esconderijo, não quero que a verdade me encontre e me machuque.
O silêncio é como a corda do poço, me despenca para o fundo, mas a ilusão ainda consegue me puxar para cima, e enquanto existir a corda eu não me afogo.
O silêncio prefere não dizer nada, então a minha covardia o respeita e não o interroga.
Silêncio fique para sempre comigo, tenho medo de ficar sozinha, a sua voz denuncia os passos de alguém que esta chegando.
Silêncio, eu não quero ouvir.......

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Permita um fragmento seu escorrer até suas mãos e então escreva